Está difícil tomar uma decisão?

A insegurança por muitas vezes pode fazer com que a pessoa paralise, e sinta dificuldade de decidir e assumir o que quer pra si. Acredita que está sendo julgada e criticada negativamente a todo tempo.
Para ilustrar melhor, podemos dividir em:
Fatores internos que é o medo de enfrentamento em relação a determinadas situações, baixa autoestima, não se considerar merecedor de ser feliz ou alcançar seus objetivos/sonhos, além de algumas crenças/valores que limitam seu olhar sobre si mesmo e a vida. Do mesmo modo se autossabotar, ou seja, criar situações que bloqueiam a si mesmo de ser feliz.
E… fatores externos esses estão relacionados à criação, os conceitos e crenças que lhe foram transmitidos verbalmente ou não, e por atitudes; na sociedade moderna, há muita competição, exigências que as pessoas sejam perfeitas em todas as áreas da sua vida, como se isso fosse possível, fazendo com o que as pessoas se cobrem além de suas capacidades.
Quem foi inseguro na infância pode se tornar seguro ao longo do desenvolvimento, chegando na idade adulta, através do autoconhecimento e buscar melhorar características em si que a levam a se sentir assim, valorizar-se mais e acreditar mais em si, em seu potencial. O contrário também é verdadeiro, talvez tenha acontecido por uma sucessão de acontecimentos negativos que a levaram a se sentir mais inseguro, contudo, quando se era seguro na infância é mais difícil disso vir a acontecer ou logo a pessoa nota a diferença em seu comportamento.
Alguns sentimentos se vinculam… uma pessoa insegura apresenta baixa autoestima, por não acreditar em si mesmo, acreditar que não é merecedora do que é bom, não se autovalorizar e acreditar que as pessoas não a olham com bons olhos. Outro aspecto é não confiar em si mesmo e nos outros. Além disso, é ou se torna perfeccionista e/ou controladora por querer manter tudo sob controle e passando a ter a sensação de que assim sente-se mais segura.

 Orientações para quem se identificou:

• Buscar o autoconhecimento;
• Observar quais os sentimentos e pensamentos que o levam a se sentir inseguro;
• Ao descobrir tente lembrar quando foi a primeira vez que se sentiu assim;
• Pode ser que você perceba que a situação que levou você a sentir assim, podia ter sido olhada ou sentida de modo mais positivo. Se não fez, olhe diferente agora;
• Lidar consigo mesmo não de maneira negativa, quando cometer um erro ou perceber que tem algumas atitudes negativas;
• Olhe para os acontecimentos e atitudes do modo mais real possível;
• Observe as atitudes negativas e busque formas de modifica-las, e não se menospreze e se rebaixe;
• Valorize suas qualidades e suas habilidades (você possui várias, acredite!);
• Acredite em seu potencial;
• Procure um psicólogo para ajuda-lo, caso não consiga sozinho (a).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *