Depressão

825073
VAMOS DIFERENCIAR… tristeza profunda não é caracterizada por uma doença, e pode ocorrer motivada por algum acontecimento, como por exemplo, a morte de uma pessoa querida. E o tempo de duração é menor e a intensidade também. Nesse caso, também, a pessoa pode conseguir sair do quadro de tristeza profunda, com a ajuda de amigos, algumas outras técnicas alternativas, e/ou se sentir necessidade também é indicado procurar um profissional especializado. Já a depressão é uma doença, e a intensidade e o tempo de duração do quadro é mais duradouro e intenso.
Os mais característicos sintomas da Depressão são:
• rebaixamento do humor;
• desânimo, redução da energia, necessidade de maior esforço para fazer as atividades do dia-a-dia, falta de motivação;
• Apatia, dificuldade de reação diante de uma notícia boa ou ruim;
• alteração da capacidade de experimentar o prazer e de alegria;
• diminuição da capacidade de concentração;
• dificuldade de decidir algo;
• irritabilidade;
• angústia;
• ansiedade;
• sentimento de medo, insegurança, desespero, desesperança e desamparo;
• negativismo e pessimismo, ideias de culpabilidade, baixa autoestima e autoconfiança, sensação de falta de sentido na vida, inutilidade, fracasso, doença ou morte.
Algumas outras características observadas também importantes:
• a intensidade do sofrimento é intensa;
• problemas do sono e aumento ou diminuição do apetite;
• queixas de dores e outros sintomas físicos, como dores de barriga, má digestão, azia, diarreia, tensão na nuca e nos ombros, dor de cabeça ou no corpo, sensação de corpo pesado ou de pressão no peito, entre outros;
• diminuição do desempenho sexual (mesmo mantenho a atividade sexual, não sentirá prazer) e do desejo sexual;
• a pessoa pode desejar morrer, planejar uma forma de morrer ou tentar suicídio;
• aumento da sensibilidade (irritação ou choro fácil);
• sentimento de rejeição; condutas antissociais e destrutivas.
COMO AJUDAR? Familiares e amigos podem ajudar a identificar que uma pessoa do seu convívio está apresentando sinais de depressão. E a melhor maneira de identificar é através de observações, pois a pessoa começará apresentar alterações do seu comportamento, incluindo um ou outro dos sintomas e sinais descritos acima. Ao perceber este tipo de mudança, tomar cuidado para não desvalorizar os sinais que estão sendo manifestados e os sintomas que está sendo relatado. E é muito importante levar a pessoa para avaliação com um especialista, pois caso seja diagnosticado, o tratamento é fundamental.
IDOSOS X DEPRESSÃO… A depressão é uma das doenças que mais acomete os idosos.  E para prevenir a depressão nessa fase da vida, o ideal é praticar atividades que estimulem e preservem a mente e o corpo funcionando, através de atividades físicas e mentais, o envolvimento social (viagens, sair para dançar, conversar com amigos ou fazer novos amigos, por exemplo) e metas a serem cumpridas.
FIQUE ATENTO, CUIDE-SE E LEMBRE-SE, VOCÊ NÃO PRECISA ENFRENTAR TUDO SOZINHO.​